FacebookDiggDeliciousGoogle BookmarksRedditNewsvineLinkedinMixx
LiveZilla Live Chat Software

No centro da capital paulista, no Vale do Anhangabaú, o IDC SP está a penas 20 minutos do aeroporto de Congonhas e a uma quadra do Metrô. Possui 4,2 mil m² de área construída e 1400 m² de piso elevado distribuídos em um prédio cofre de 9 pavimentos.

Monitoramento de hardware, software, rede, tráfego e segurança lógica dos servidores hospedados, em regime 24x7x365;

• Controle de segurança física dos servidores garantida por meio de equipes de segurança continuamente treinadas, portas blindadas, câmeras de CCTV e controle de acesso para todas as áreas dos IDC’s.

REFRIGERAÇÃO REDUNDANTE:

• 615 TRs de capacidade de refrigeração através de maquinas a ar e água, com redundância de N + 2 por piso de IDC e sala de UPS's.

ENERGIA:

• 1,8 MW de energia disponível;

• 2 linhas de entrada redundantes de 21 kV divididas internamente em linhas separadas para alimentação de sistemas estabilizados e de ar condicionado;

• Distribuição através de painéis elétricos redundantes.

SISTEMA DE UPS's:

• Equipamentos de última geração e altíssima eficiência energética, ligados em sistema paralelo redundante no padrão N + 1;

• Capacidade instalada de 1200 kVA.

GERADORES:

• Grupos moto-geradores diesel redundantes na configuração N + 1 garantem alimentação em caso de falhas;

• Capacidade total de 2240 kVA – assumem toda a instalação em apenas 30 segundos;

• Reserva de 6 mil litros de óleo diesel com possibilidade de abastecimento com GMGs em operação.

DETECÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO:

A detecção a incêndio é administrado por dois sistemas diferentes:

• Digital centralizado na portaria comanda os detectores de fumaça;

• Sistema analógico de botoeiras de alarme distribuídas pela planta;

O COMBATE É REALIZADO ATRAVÉS DE:

• Dispositivos com o gás FM200 (não destrutivo) nos IDCs, com acionamento automático;

• Extintores e hidrantes manipulados por equipe de brigadistas treinados pelo corpo de bombeiros.

DIFERENCIAIS:

Três data centers nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Tamboré, localizados em regiões centrais e de fácil acesso;

• 16 mil m² de área construída. Combinados, os três data centers somam 16 mil m² de área construída, sendo 4.400 m² de piso elevado;

• Ambiente “carrier-neutral” com pontos de troca de tráfego PPT Metro e Terremark;

• Conexões IP redundantes de fibra-óptica com diversas operadoras utilizando Protocolo BGP4;

• Fornecimento de energia proveniente de fontes distintas em cada unidade;

• Usinas de energia próprias com geradores de emergência a diesel, com uma potência total instalada de 9,12 MVA, sendo:

.: 2,24 MVA instalados no site de SP;

.: 4,08 MVA instalados no site do RJ;

.: 2,8 MVA instalados no site Tamboré, podendo chegar até 16,8 MVA.

• Todo o sistema de energia foi projetado para assumir a carga total dos sites, de maneira automática, em até 45 segundos após a falta de energia elétrica da Concessionária;

• Parque de UPS (no-break) formado por 4×300 KVA no site de SP, 7×160 KVA no site do RJ e 4×825 KVA no site Tamboré, podendo ser expandido neste site para até 11,8 MW;

• Equipe comercial e de operações comprometida com o cliente;

• Sistemas redundantes de controle e prevenção de incêndio:

.: Detecção de calor e fumaça;

.: Detecção de alta sensibilidade (VESDA);

.: Sistema de combate a incêndio por gás inerte (FM-200 e Ecaro-25);

.: Sistema de dry-pipes com válvula de pré-action);